4 técnicas de Respiração para Rejuvenescer o Espírito

Vamos encarar. A vida pode ser estressante e até mesmo opressora às vezes.

É essencial desenvolver práticas restauradoras e rejuvenescedoras para promover paz de espírito e vitalidade.

Técnicas simples de respiração e meditação podem promover bem-estar físico e mental, permitindo-nos viver uma vida mais plena. Isso também pode ajudar a reduzir nossa dependência de medicamentos, que podem ter efeitos colaterais prejudiciais para nós mesmos e o meio ambiente. Essas técnicas também podem nos ajudar a desenvolver uma maior consciência, permitindo-nos compreender mais profundamente como nossas ações impactam o planeta e fazer ajustes sustentáveis ​​de estilo de vida.

Muitos benefícios das meditações respiratórias

Desde a antiguidade, a meditação tem sido usada por pessoas em todo o mundo, e muitas das principais religiões incorporam práticas meditativas. A meditação permite que nos conectemos com a capacidade inata da mente de cultivar a consciência. É uma ferramenta de conscientização que também traz muitos benefícios para o corpo e a mente. Embora as abordagens variem amplamente, muitas vezes envolve focalizar nossa atenção em um determinado som, sensação, objeto, pensamento ou atividade. Embora algumas pessoas usem a meditação como parte de uma prática religiosa, muitas também meditam sem associação com uma religião específica.

A respiração é um elemento comum em vários tipos de meditação ao redor do mundo e ao longo do tempo. Muitas técnicas de meditação envolvem o uso de um padrão respiratório específico, como respiração longa e profunda, respiração alternada pelas narinas ou cânticos. Embora a meditação esteja associada a uma maior atenção, os efeitos específicos variam de acordo com a técnica. Alguns dos vários benefícios incluem maior vitalidade, tranquilidade, criatividade e clareza mental.

Para começar a praticar a meditação, experimente uma variedade de técnicas para descobrir uma que seja particularmente eficaz para você manifestar os resultados desejados. Encontre um horário consistente a cada dia que seja conveniente para você praticar a meditação. Comece com cerca de cinco minutos por dia e aumente gradualmente o seu tempo.

1. Meditação de respiração simples

Esta técnica é ótima para iniciantes, embora também seja comumente praticada por meditadores experientes. Escolha um lugar relativamente tranquilo e sente-se confortavelmente em uma esteira ou travesseiro no chão ou em uma cadeira. Feche seus olhos. Traga a sua consciência para o seu corpo e mente. Como está seu corpo? Sua mente está quieta ou ativa?

Respire longa e profundamente pelo nariz. Ao inspirar, deixe a barriga se expandir para fora. No início, a extensão da barriga para fora na instalação pode parecer forçada, mas isso é importante para fazer respirações profundas que realmente preenchem os pulmões. Ao expirar, pressione suavemente o estômago, permitindo que o ar saia completamente dos pulmões. Mantenha um foco suave na respiração. À medida que os pensamentos entram na mente, deixe-os ir embora. Continue por cinco a 10 minutos.

2. Relaxamento progressivo

Essa abordagem envolve escanear o corpo em busca de tensão e liberá-la. Algumas técnicas incluem tensionar e liberar os músculos ou visualizar uma onda movendo-se pelo corpo que evapora a tensão. Comece pelos pés ou pela cabeça e prossiga até a outra extremidade do corpo. Você pode fazer isso sentado ou deitado. Use a respiração para ajudá-lo a relaxar, por exemplo, inspirando enquanto tensiona um músculo e expirando enquanto libera a tensão. Esta é uma prática útil antes de ir para a cama para promover sono reparador.

3. Respiração alternativa pela narina

Esta técnica simples ajuda a criar uma poderosa sensação de harmonia e bem-estar. Sente-se confortavelmente no chão com as pernas cruzadas. Com a mão esquerda, toque as pontas do dedo indicador e do polegar. Estenda os outros três dedos sem forçar. Coloque a parte de trás do pulso sobre o joelho, com o braço quase reto.

Pegue a mão direita e faça uma figura em U com o dedo indicador e o polegar. O dedo indicador fecha a narina esquerda e o polegar fecha a narina direita. Para começar, coloque o dedo indicador fechando a narina esquerda e inspire profundamente. Solte o dedo indicador e use o polegar para fechar a narina direita e expire totalmente. Deixando a narina direita fechada, inspire. Solte o polegar, feche a narina esquerda e expire pela narina direita. Este é um conjunto completo. Continue esta técnica, respirando profundamente por cinco a 10 minutos. No final, respire fundo e profundamente pelas duas narinas e observe suavemente como está seu corpo e sua mente.

4. Sobre meditação

O som “Om” é considerado um som primordial que nos conecta à fonte da criação. Sente-se confortavelmente com as pernas cruzadas. Respire fundo e cante “Om” (pronuncia-se “aa-uu-mm”) em voz alta, exalando toda a sua respiração. O som reverbera pelo assoalho pélvico e sobe pelo alto da cabeça, enchendo o corpo com energia pulsante. Inspire e repita. Continue por cinco a 10 minutos.

Vá devagar

Para iniciantes, essas técnicas de respiração funcionam melhor com os olhos fechados em um local onde você não seja incomodado, como um quarto silencioso. À medida que você fica mais confortável com eles, pode ser levado a meditar em um ambiente natural, com o olhar pousado suavemente em uma planta ou água corrente. Eventualmente, você poderá praticar em público, relaxado, mas totalmente consciente em um aeroporto movimentado, no metrô ou na fila de um supermercado.

Via > Earth911

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.